Novo avião da FAB inspeçionará sistemas de navegação aérea

Notícias e artigos retirados da mídia em geral.

Moderador: Moderadores

Regras do fórum
As regras do fórum estão disponíveis CLICANDO AQUI.

Novo avião da FAB inspeçionará sistemas de navegação aérea

Mensagempor jambock » Qui Out 10, 2019 16:21

Meus prezados
Novo avião da FAB permite realizar inspeção de sistemas complexos de navegação aérea
Aeronave pode aferir procedimentos Required Navigation Performance com precisão de um décimo de milha
Imagem

O Comando da Aeronáutica recebeu da Embraer a quarta e última aeronave do Projeto I-X. O avião IU-50, derivado do Legacy 500, de matrícula FAB 3604 será operado pelo Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), que fica sediado no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.
O GEIV tem a missão de verificar diversos parâmetros do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) para proporcionar a todas as aeronaves a operação segura em todas as fases do voo, principalmente sob condições meteorológicas adversas.
Os aviões do Esquadrão são famosos por suas passagens baixas em aeroportos, enquanto realizam inspeção e calibração de diversos sistemas, incluindo o ILS. Todavia, embora opere com o novo avião há três anos, somente com o quarto avião é que o GEIV será capaz de inspecionar procedimentos conhecidos por Required Navigation Performance (RNP) 0.1 com uma aeronave própria. As aproximações por instrumentos RNP estão dentro do grupo de aproximações baseadas em performance (PBN) e o padrão mais recente adotado no mundo.
"Dizer que um procedimento tem precisão 0.1 significa que os equipamentos de navegação da aeronave calculam sua posição com precisão de um décimo de milha náutica. Tal precisão permite que os aviões façam aproximações por instrumentos em curva e com variações de altura de forma muito precisa. O software das demais aeronaves será oportunamente atualizado para que todas executem aproximações RNP 0.1", explica o coronel Luis Fernando Ferro, Gerente do Projeto.
Os dois primeiros IU-50 foram recebidos em 2016, com o terceiro, em 2018. Até novembro de 2021, prazo para o término do contrato, ainda estão previstas as etapas de catalogação, treinamento de tripulantes e atualização do Computer Based Training (CBT), sistema que auxilia na formação dos tripulantes.
Fonte: Edmundo Ubiratan para Blog Aeromagazine via CECOMSAER 10 out 2019
Um abraço e até mais...
Cláudio Severino da Silva
jambockrs@gmail.com

Na aviação, só a perfeição é aceitável
Avatar do usuário
jambock
MASTER
MASTER
 
Mensagens: 2430
Registrado em: Seg Dez 20, 2004 16:37
Localização: Porto Alegre/RS

Voltar para AERONOTÍCIAS

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron