21 de janeiro 2005 - 29º aniversário da Força Aérea Angolana

Primeiro fórum sobre a aviação em Angola, com notícias, novidades, fotos, história, bate-papo, turismo e muita informação sobre a aviação neste país africano!

Moderador: Moderadores

Regras do fórum
As regras do fórum estão disponíveis CLICANDO AQUI.

21 de janeiro 2005 - 29º aniversário da Força Aérea Angolana

Mensagempor AeroEntusiasta » Sex Jan 21, 2005 14:28

(Fonte: ANGOP)

General Sanjar saúda aniversário da Força Aérea Nacional
=========================================

Luanda, 21/01 - O chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Agostinho Fernandes Nelumba "Sanjar", exprimiu hoje, em Luanda, o seu reconhecimento pelos êxitos alcançados pela Força Aérea Nacional (FAN) ao longo dos 29 anos da sua existência.

"A longa e rica trajectória da Força Aérea na defesa legítima do espaço nacional, os êxitos que vem alcançando na organização, reestruturação e modernização para se guindar a latitude do seu papel na defesa da soberania e integridade territorial do país, trarão repercursões de longo alcance para a estabilidade da região", escreve o general "Sanjar" em mensagem endereçada ao general Pedro Neto, chefe do Estado Maior deste ramo das FAA.

"É com subida honra que em nome dos militares das FAA e no meu próprio felicito-o e por seu intermédio saúdo todos os militares desse ramo, por ocasião do 29º aniversário da fundação da Força Aérea Nacional, que hoje se assinala num clima de paz e de reconciliação nacional", acrescenta.

Mais adiante, o general de Exercito alertou que "ainda estamos preocupados face a instabilidade cíclica que se vive na fronteira leste da República Democrática do Congo e outros países do continente africano, tais como a Cote D´Ivoire, a Guiné Bissau e outros, para garantir a paz indispensável à reconciliação de Angola".

"Deste modo, o esforço positivo que esse ramo vem desenvolvendo para atingir patamares cada vez mais altos devem prosseguir, privilegiando sempre o melhoramento da organização, da disciplina, da prontidão combativa e educação patriótica, para que possam cumprir as missões de paz a si confiadas a bem do interesse maior", apelou.

"Sanjar" termina a sua mensagem desejando a todos os oficiais generais, superiores, capitães e subalternos, sargentos, praças e trabalhadores civis, os seus votos de muita saúde e êxitos redobrados no cumprimento das missões a si atribuídas e pela consolidação da paz e da reconciliação nacional.

Instituto de Defesa Nacional saúda 29º aniversário da Força Aérea
==============================================

Luanda, 21/01 - Uma mensagem de felicitações, pelo 29º aniversário da constituição da Força Aérea, que hoje se celebra, foi endereçada pela direcção do Instituto de Defesa Nacional (IDN), órgão afecto ao Ministério de tutela.

No documento, rubricado pelo seu director, general Mbeto Monteiro Traça, destaca-se o percurso transcorrido "desde aquele memorável 21 de Janeiro de 1976 quando, pela voz do Presidente António Agostinho Neto, foi proclamada a constituição da Força Aérea, como ramo indispensável nos esforços da pacificação e unidade indestrutível de Angola".

Lembrando os "duros anos, em que a Juventude angolana, ao lado dos veteranos, demonstrou o seu patriotismo em defesa do bem mais sagrado do povo angolano: A Independência Nacional", em nome dos generais, oficiais, sargentos e funcionários do IDN saúda o Estado Maior da Força Aérea Nacional, alargada a todo o corpo de efectivos e trabalhadores civis, pela passagem da data.

A missiva termina formulando votos de sucesso nos esforços para o reerguer do ramo, com vista ao cumprimento exitoso da sua missão principal, "à defesa do espaço aéreo nacional e demais objectivos", sob as ordens e orientações do Presidente da República e Comandante-em-Chefe das FAA, do ministro da Defesa Nacional e do chefe do Estado Maior General.

Força Aérea dedica particular atenção no Leste do país
=======================================

Luanda, 20/01 - O Chefe do Estado Maior da Força Aérea Nacional (FAN), general Pedro Neto anunciou recentemente, em Saurimo (Lunda-Sul) que uma maior atenção será dada na defesa do território da zona Leste do país por ser rica em diamantes e, por esta razão, objecto de constantes violações, incluindo terrestres.

O general Pedro Neto aludiu ao facto quando falava na cerimónia de abertura das comemorações do 29º aniversário da FAN a assinalar-se sexta-feira, tendo referido que para se alcançar tal objectivo, é necessária rápida modernização deste ramo das Forças Armadas Angolanas e a criação de condições para que o manuseamento da técnica militar possa ser feito de forma eficiente.

De acordo com o chefe do Estado Maior da FAN, o que se pretende actualmente é repor os equipamentos e a técnica que foram consumidos durante a guerra e tratar de reconstruir uma Força Aérea Nacional capaz de responder às exigências do mundo contemporâneo.

Ao assinalar o seu 29º aniversário, a Força Aérea Nacional dedica igualmente particular importância à formação de quadros militares e considera positivo o empenho dos efectivos desde a sua fundação em 21 de Janeiro de 1976, apontando os êxitos alcançados no domínio do lançamento de tripulantes para aeronaves do tipo IL-76.

O transporte e abastecimento às tropas, o reconhecimento aéreo e as operações de busca e de salvamento constituem, entre outras, áreas que merecerão igualmente particular atenção da direcção da FAN.

O treinamento de pilotos na base aérea de Luanda composta por um conjunto de três tripulações da referida aeronave (IL-76) constitui, de acordo com o general Pedro Neto, outro facto inédito à nível da África Austral e Central.

O 29º aniversário decorre sob o lema "Avante Força Aérea rumo aos desafios do futuro", e consubstanciam-se em actividades de carácter político, desportivo, cultural e recreativo, bem como visitas às unidades e subunidades deste ramo das Forças Armadas Angolanas (FAA).

Proclamada em 21 de Janeiro de 1976, na Base Aérea nº1, em Luanda, pelo primeiro Presidente da República de Angola, António Agostinho Neto, a Força Aérea Nacional joga um papel preponderante com vista a prevenir as possíveis violações do espaço aéreo angolano, atendendo aos seus limites geográfico com alguns países da região ainda em conflito.

A Força Aérea Nacional, depois da extinção das Forças Armadas de Libertação de Angola (FAPLA), foi integrada oficialmente nas Forças Armadas Angolanas (FAA), em Setembro de 1992.

Por: Pedro de Sousa

Brasil: Dia da Força Aérea angolana será assinalado em Brasília
=============================================

Brasília, 20/01 - O 29º aniversário da Força Aérea Nacional (FAN) será assinalado sexta-feira, em Brasília, em cerimónia que vai reunir autoridades militares e civis brasileiras e estrangeiras, promovido pelo sector militar da embaixada angolana no Brasil.

O sector militar da representação diplomática angolana é chefiado pelo adido militar, brigadeiro Rafael Daniel Catumbila "Dibango", segundo o qual a comemoração desta efeméride no Brasil, " é sempre uma oportunidade para dar a conhecer a importância de um sector das Forças Armadas Angolanas no contexto geo-político nacional".

Proclamada a 21 de Janeiro de 1976, pelo primeiro presidente de Angola, Agostinho Neto, a FAN mantém o seu lugar próprio " de um órgão invejável a nível da região austral do continente africano e não só".

Sem tradição de luta anti-colonial, a FAN surgiu como resultado do exercício estratégico empreendido pelo Governo angolano para fazer face as agressões sul-africanas preparadas pelo então regime do apartheid, da África do Sul, na tentativa de impedir a proclamação da independência de Angola.

Vinte e nove anos depois, a FAN é reconhecidamente um ramo forte no seio das Forças Armadas Angolanas, que dispõe actualmente de duas armas importantes, nomeadamente a aviação e a defesa anti-aérea, utilizando sistema de armas de origem diversa que vão desde MIG-23, SU-24 e 27, Tucano, PC-7 e 9, helicópteros MI-17 e 35, Allouette e Dauphin, entre outros.

Desde a proclamação, já chefiaram a Força Aérea angolana sete comandantes, designadamente generais Dimbondua e Iko Carreira, estes já falecidos, França "Ndalu", Ciel da Conceição "Gato", Alberto Correia Neto, actual embaixador no Brasil, Roberto Leal "Ngongo", embaixador na Rússia, e, presentemente Pedro Neto, chefe do seu Estado Maior.
Sem mais.

Equipe AeroEntusiasta
http://www.AeroEntusiasta.com.br
https://aeroentusiasta.blogspot.com.br/

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

>>> Colabore com o Site AeroEntusiasta @ Contato: fabio@aeroentusiasta.com.br

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Imagem
Avatar do usuário
AeroEntusiasta
Fundador
Fundador
 
Mensagens: 8377
Registrado em: Dom Dez 19, 2004 09:00
Localização: Porto Alegre - RS

Voltar para Aviação em ANGOLA

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes

cron