FORÇA AÉREA BRASILEIRA 2101 OU FAB ZERO-UNO!

Seção principal do AeroFórum para troca de informações.

Moderador: Moderadores

Regras do fórum
As regras do fórum estão disponíveis CLICANDO AQUI.

FORÇA AÉREA BRASILEIRA 2101 OU FAB ZERO-UNO!

Mensagempor AeroEntusiasta » Seg Jan 15, 2018 00:29

Blog do Site AeroEntusiasta

FORÇA AÉREA BRASILEIRA 2101 OU FAB ZERO-UNO!

Neste dia 15/JAN/2018 faz 13 anos que chegou ao Brasil o Airbus ACJ presidencial da FORÇA AÉREA BRASILEIRA. O FAB 2101 (cn 2263), batizado de "Santos Dumont", foi recebido no Aeroporto Internacional de Brasília/DF (BSB), sede do Grupo de Transporte Especial (GTE), após longo voo de translado desde Toulouse/França (TLS).

O Airbus ACJ é uma versão VIP do A319 comercial, e foi adquirido pelo governo brasileiro diretamente do fabricante francês. A aeronave, modelo A319-11XCJ, difere da versão comercial em inúmeros itens que vão desde a configuração interna (obviamente!), passando pela grande autonomia alcançada com a instalação de tanques de combustível extras, até sistemas de comunicação específicos para missões de transporte presidencial.

Externamente a pintura do FAB 2101 mudou pouco desde a chegada. Em ABR/2009 foi observada a alteração da designação militar de VC-1A para VC-1. Em FEV/2013 a mais visível foi a pintura de uma faixa verde-amarela, realizada nos hangares da TAM em São Carlos/SP (QSC) durante uma manutenção programada.

Finalmente uma curiosidade conhecida, mas sempre interessante ser lembrada, que o Airbus não foi o único avião presidencial brasileiro a usar a matrícula FAB 2101.

Entre FEV/1957 e JAN/1987 o Presidente da República, autoridades brasileiras e estrangeiras em visita ao país, tinham a disposição dois clássicos quadrimotores Vickers Viscount, designados pela Força Aérea Brasileira como VC-90.

O primeiro recebido foi o FAB 2100 (cn 141), um Viscount modelo 742D, que chegou ao Brasil em FEV/1957. Ele foi lamentavelmente perdido num acidente em 08/DEZ/1967, quando realizava um voo presidencial entre Brasília/DF e o Rio de Janeiro/RJ. Na aproximação final para a pista do Aeroporto Santos Dumont/RJ (SDU), ocorreu a colisão do trem de pouso contra as pedras na cabeceira 02, ocasionando a quebra do trem direito. Mesmo com um princípio de incêndio, o Presidente Arthur da Costa e Silva e sua comitiva de 33 pessoas saíram ilesos deste acidente que decretou o fim de carreira do 2100.

O homônimo do Airbus 2101 era um Viscount 789D (cn 345), que chegou ao país em OUT/1958 e por quase tres décadas ele transportou as mais altas autoridades da república. Ele realizou missões com todos os presidentes desde Juscelino Kubitschek (1956/1961) até Jose Sarney (1985/1990). O próprio Presidente Sarney atestou o uso do 2101 em artigo no Jornal Folha de SP em 14/JAN/2007: "Quando assumi o governo, em 1985, o Viscount do Juscelino ainda era o avião reserva do presidente. Quando fui a Lisboa, Ulisses - presidente interino- ficou viajando nele, logo depois aposentado."

Com a chegada dos jatos BAC 1-11 e Boeing 737-200 no Grupo de Transporte Especial (GTE), naturalmente o Viscount ficou lento e obsoleto, ganhando o apelido de "cafona" e relegado ao transporte do segundo escalão e aeronave reserva. Finalmente em 20/JAN/1987 o Tenente-Brigadeiro-do-Ar Octávio Júlio Moreira Lima, então Ministro da Aeronáutica, pilotou o VC-90 FAB 2101 no último voo entre Brasília e o Campo dos Afonsos/RJ, onde fica o Museu Aeroespacial (MUSAL) e onde está exposto até hoje o clássico Viscount presidencial.

Para ver fotos, acesse: http://aeroentusiasta.blogspot.com.br/2 ... -2101.html
Sem mais.

Equipe AeroEntusiasta
http://www.AeroEntusiasta.com.br
https://aeroentusiasta.blogspot.com.br/

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

>>> Colabore com o Site AeroEntusiasta @ Contato: fabio@aeroentusiasta.com.br

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Imagem
Avatar do usuário
AeroEntusiasta
Fundador
Fundador
 
Mensagens: 8144
Registrado em: Dom Dez 19, 2004 09:00
Localização: Porto Alegre - RS

Re: FORÇA AÉREA BRASILEIRA 2101 OU FAB ZERO-UNO!

Mensagempor AeroEntusiasta » Ter Jan 16, 2018 19:34

Blog Cultura Aeronáutica

1967: Acidente com o avião presidencial, com o Presidente a bordo!

Por Jonas Liasch

Em 1956, o Governo Juscelino Kubitschek adquiriu dois aviões quadrimotores Vickers Viscount 700 para atender a Presidência da República, em substituição aos obsoletos Lockheed VC-66 Lodestar. O primeiro desses aviões, que havia sido encomendado originalmente pela empresa aérea norueguesa Braathens - SAFE, já estava pronto, quando a empresa aérea desistiu da compra, e foi oferecido imediatamente ao governo brasileiro, que o comprou para a FAB, recebendo o registro FAB 2100.

>>> Continue lendo: http://culturaaeronautica.blogspot.com. ... ncial.html
Sem mais.

Equipe AeroEntusiasta
http://www.AeroEntusiasta.com.br
https://aeroentusiasta.blogspot.com.br/

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

>>> Colabore com o Site AeroEntusiasta @ Contato: fabio@aeroentusiasta.com.br

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Imagem
Avatar do usuário
AeroEntusiasta
Fundador
Fundador
 
Mensagens: 8144
Registrado em: Dom Dez 19, 2004 09:00
Localização: Porto Alegre - RS


Voltar para AEROFÓRUM

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante